Quem sou eu

Minha foto
Sou Capitão da Polícia Militar, Pedagogo, Especialista em Segurança Pública, Já ocupei as funções de Diretor do Colégio da Polícia Militar-PB (nov2009-jun2017), Coordenador-Geral do PRONATEC na Paraíba (mai2016-mai2017) e Coordenador de Polo do PBVest (2015-jun2017). Atualmente componho o Estado-Maior Estratégico da Polícia Militar da Paraíba, na função de Coordenador do EM/4-Políticas de Prevenção. Acredito que o nosso Brasil pode melhorar muito mais, na medida em que todos possam colaborar com as suas capacidades. TWITTER : @ElmerMelz ; FACEBOOK: Elmer Melz

sábado, 31 de agosto de 2013

Veja cenas perturbadoras do homem que atravessava uma espada pela barriga

.
Estamos falando de um cidadão chamado Mirin Dajo. Conheça aqui um pouco da história desse homem.
Por Daiana Geremias em 11/07/2013




Você já ouviu falar do termo faquirismo? Ele é usado para definir quem vive em condições de faquir. Ajudou? Então vamos tentar simplificar as coisas: faquir é uma definição antiga, usada para falar a respeito de quem tinha poderes sobrenaturais de resistência, como andar sobre carvão, engolir espadas e proezas afins.
Lógico que muitas atitudes antes consideradas de faquirismo foram desvendadas pela Ciência e alguns truques usados por várias pessoas acabaram caindo por água abaixo. Ainda assim, alguns desses caras simplesmente desafiam as leis da lógica, da Medicina e do perigo. Nesse caso, um cidadão chamado Mirin Dajo pode fazer com que você bata a cabeça contra a parede repetidas vezes.
O vídeo que você vai ver a seguir é bem antigo e mostra do que Dajo era capaz. Ele simplesmente conseguia atravessar uma faca pelo seu abdome como se essa fosse a coisa mais normal do mundo. As imagens são bem antigas e, infelizmente, não há legendas disponíveis. Ainda assim, você precisa assistir ao vídeo a seguir.
Nele, Dajo faz uma demonstração de seu truque perturbador na presença de alguns médicos, que ficaram intrigados com as proezas daquele senhor. Nascido na Holanda, Dajo disse ter aprendido esses truques em uma viagem pela Índia. Ele se dizia capaz de controlar a dor e os reflexos do próprio corpo.
Segundo os médicos que avaliaram o caso àquela época, essa bizarrice é de fato possível, embora seja bastante arriscada, pois é preciso saber o local exato para que nenhum órgão seja perfurado. Ainda assim, são extremamente raros os casos em que pessoas conseguem controlar a dor dessa maneira – idem para possíveis sangramentos. Assista às imagens abaixo e depois nos conte o que achou dessas cenas indigestas.


quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Vídeo reúne cenas que deram muito errado em compilação hilária

Confira pessoas envolvidas em situações diversas que acabaram em desastre.
Transcrito de : http://www.megacurioso.com.br/humor/37300-video-reune-cenas-que-deram-muito-errado-em-compilacao-hilaria.htm?utm_source=HomePortal&utm_medium=baixaki

O que não falta na internet são vídeos de pessoas em situações que deram muito errado. O resultado, obviamente, são cenas nas quais vemos indivíduos envolvidos em todo tipo de atividade — para não dizer “bancando os idiotas” — que acabam se tornando personagens de cenas hilárias.
E existe tanto material desse tipo disponível — e muita gente que adora rir da desgraça alheia —, que o pessoal do canal Fail Army do YouTube começou a publicar clipes semanais reunindo uma série de videozinhos desastrosos. Se você perdeu algum ou inclusive todos eles, não se preocupe! Você pode conferir uma compilação dos últimos seis meses de pessoas em situações que deram muito errado a seguir. Divirta-se!

terça-feira, 27 de agosto de 2013

5 casos de pessoas que sobreviveram a acidentes terríveis

.Fonte: http://www.megacurioso.com.br/acidentes-estranhos/37794-5-casos-de-pessoas-que-sobreviveram-a-acidentes-terriveis.htm

Elas tinham tudo para terem morrido, mas ficaram para contar suas histórias.

5 casos de pessoas que sobreviveram a acidentes terríveis


Há somente uma coisa necessária para que você morra: estar vivo. A partir daí, vale tudo: parada cardíaca, hemorragia, alergia, gripe, tuberculose, acidente de carro. Muita gente acredita que cada pessoa tem uma hora certa para morrer, conforme a vontade de um ser superior ou do destino de cada um. Independente de qual for a sua crença, para uma coisa há consenso: a morte chega para todos.
O site Quo reuniu algumas histórias de pessoas que conseguiram driblar a chegada da morte com maestria. Confira a seguir alguns casos bizarros de pessoas que tinham tudo para morrer, mas acabaram sobrevivendo.

1 – O piloto

Fonte da imagem: Reprodução/Quo
Não adianta: essas corridas, por mais seguras que pareçam ser, têm lá seus perigos. Afinal, um cenário com vários carros fazendo o mesmo caminho a mais de 300 km/h não é exatamente o mais tranquilo. O piloto australiano Ryan Briscoe sofreu um acidente gravíssimo enquanto disputava uma colocação na Fórmula Indy.
O carro de Briscoe apenas encostou no veículo do piloto Alex Barron, e isso foi o suficiente para que o carro do australiano, que estava a 320 km/h, fosse arremessado para longe e se partisse em três pedaços durante uma forte explosão. Briscoe, ao contrário do que todos pensaram, não morreu. Ele teve duas clavículas quebradas, danos pulmonares, um osso do pé fraturado, contusões e diversos arranhões.

2 – O náufrago

Fonte da imagem: Reprodução/Quo
Tony Bullimore, aos 55 anos, enfrentou uma forte tempestade em alto mar, quando estava a quase 20 km de onde tinha partido. Bullimore ficou preso em seu próprio barco por cinco dias, sem conseguir se mexer.
O barco foi encontrado e o navegante estava vivo, ainda que com sinais de hipotermia e desidratação. Seu primeiro pedido foi uma xícara de chá — e a história, que já estava incrível até o momento, ficou ainda mais interessante quando foi amplamente noticiada pela mídia. A divulgação fez com que uma filha de Bullimore, que não via o pai há anos e nem sabia de seu paradeiro, o encontrasse, finalmente. Dois finais felizes para uma história só.

3 – A queda

Fonte da imagem: Reprodução/Quo
Shayna Richardson, uma norte-americana que se dizia apaixonada por adrenalina, resolveu praticar paraquedismo. Durante um de seus saltos, seu paraquedas simplesmente não abriu e ela despencou de uma altura de 3.100 metros, chegando ao chão a uma velocidade de 80 km/h.
Ela não morreu, ainda assim, mas teve fratura na pélvis e na perna, além de seis dentes perdidos. Enquanto era examinada, ela descobriu também que estava grávida. Apesar da queda, o bebê de Shayna nasceu perfeitamente bem.

4 – O alpinista

Fonte da imagem: Reprodução/Quo
O jovem Aron Ralston resolveu fazer escalada sozinho. Seus planos eram voltar para casa no mesmo dia, mas ele acabou passando cinco dias preso depois que uma pedra de 363 kg esmagou seu braço contra um paredão. Ele sobreviveu com algumas barras de cereal que havia levado e com três litros de água, mas sabia que, se continuasse ali, não seria resgatado e morreria.
Foi então que Ralston decidiu cortar o próprio braço com um canivete que havia comprado há poucos dias. A foto que você vê acima foi tirada pouco antes do procedimento. Após amputar seu braço, ele ainda andou 10 km até encontrar um grupo de alpinistas que o ajudou.

5 – A surfista

Fonte da imagem: Reprodução/Quo
Bethany Hamilton é uma surfista conhecida pelos praticantes e admiradores do esporte. Aos 13 anos ela já acumulava prêmios no Havaí, mas em 2004, enquanto surfava, foi atacada por um tubarão-tigre, que abocanhou seu braço esquerdo inteiro e um pedaço de sua prancha.
A menina foi hospitalizada e, assim que se recuperou do acidente, voltou a surfar e a ser a campeã de sempre.
***
E você, conhece alguma história parecida? Conte para a gente nos comentários.

sábado, 24 de agosto de 2013

Veja quais são as 7 pessoas mais azaradas do mundo

Transcrito de: 
http://www.megacurioso.com.br/acidentes-estranhos/37783-veja-quais-sao-as-7-pessoas-mais-azaradas-do-mundo.htm

Eles já foram atingidos por raios, bombas atômicas, carros descontrolados e também afundaram com navios – porém sobreviveram a essas atrocidades.
Veja quais são as 7 pessoas mais azaradas do mundo
Se você acha que tem alguns dias difíceis ou de muito azar, é melhor reconsiderar seus parâmetros do que realmente é má sorte depois de conhecer as pessoas que fazem parte dessa desafortunada lista.
Esses indivíduos já passaram por todos os tipos de desastres que você pode imaginar (e pior, seguidas vezes), porém sobreviveram aos acontecimentos para contar as histórias. Alguns deles já morreram (felizmente, de causas naturais) e outros ainda estão vivos. Veja quem são essas pessoas e quais foram os desafios que eles enfrentaram:

1 – Bombas atômicas não são páreas para ele

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee
Tsutomu Yamaguchi é um japonês que, infelizmente, presenciou a explosão das duas bombas atômicas lançadas no Japão pelos Estados Unidos. Ele era um residente da cidade de Nagasaki que foi para Hiroshima por alguns dias devido ao trabalho. Durante sua estadia em Nagasaki, a primeira bomba atômica foi lançada na região, no dia 6 de agosto de 1945.
Ele estava há três quilômetros de distância do centro da explosão e sofreu sérios danos físicos, com queimaduras pelo lado esquerdo do corpo. Ele se recuperou por dois dias em Hiroshima e já quis voltar para Nagasaki, para se tratar melhor e ficar próximo da família. Ao chegar à cidade, a segunda bomba atômica explodiu no lugar, no dia 9 de agosto de 1945. Entretanto, na segunda vez ele não sofreu danos físicos graves, porém teve o azar de testemunhar duas grandes cidades virarem praticamente pó.

2 – O homem que não ganhou na loteria

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee
Cotis Mitsotakis pode não ter presenciado acontecimentos catastróficos ou barbaridades, porém pode muito entrar nessa lista por ser o único azarado de um vilarejo. Em 2012, todos os moradores da vila de Sodeto, na Espanha, fizeram um bolão para participar da principal loteria de Natal do país.
Quando o dia do sorteio chegou, os sortudos do vilarejo ganharam milhões de euros e dividiram o dinheiro entre si. Todos os moradores de Sodeto, que não são muitos, receberam um pouco desse dinheiro, menos o grego Cotis, que acabou não participando do bolão. Os seus vizinhos acharam que já tinham passado na casa de Cotis pedindo a contribuição do estrangeiro, porém ele foi esquecido e, por azar, não participou do prêmio milionário.

3 – A prova d`água

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee
Violet Jessop era uma comissária de bordo em navios famosos – e azarados. Em 1911, ela embarcou no RMS Olympic, que colidiu com o HMS Hawke durante um forte nevoeiro nas águas da França. Um ano depois, ela se alistou para trabalhar no RMS Titanic (e todos nós já conhecemos o trágico destino desse navio). Felizmente, ela conseguiu entrar em alguns dos poucos botes e sobreviveu ao catastrófico acontecimento.
Depois do episódio, Violet novamente serviu como comissária de bordo no HMHS Britannic. O navio afundou subitamente no mar Egeu, em 1916, quando provavelmente colidiu com minas localizadas nas águas do local. O maior transatlântico da Inglaterra (muito superior e melhorado do que o Titanic) afundou em apenas 55 minutos, com somente 351 dias de vida. Violet consegui escapar em um dos botes e sobreviveu ao desastre também.
Como se não bastasse, depois de passar por três tragédias marítimas, Violet Jessop continuou a trabalhar como comissária de bordo até quando pôde. Ela faleceu em 1971.

4 – Perseguida por furacões

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee
Melanie Martinez já perdeu quatro casas nos últimos anos devido aos constantes furacões que atingiram seu lar, o Betsy (1965), o Juan (1985), o George (1998) e o Katrina (2005). Entretanto, ela não quis deixar o estado da Louisiana, sempre dizendo que aquele é o ser verdadeiro lugar, independente dos desastres.
Tocados pela história de Melanie, os produtores de um reality show se mobilizaram para construir uma nova casa para ela. Aparentemente, os dias de infortúnio dessa americana tinham acabado, porém após alguns meses de moradia na nova e generosa casa um furacão chamado Isaac destruiu tudo o que havia sido construído em pouco tempo. Com já cinco casas totalmente destruídas por furacões, ela é considerada uma das mulheres mais azaradas dos Estados Unidos.

5 – Vida selvagem

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee
O americano Erik Norrie pode dizer que já passou por alguns infortúnios selvagens. Ele já foi mordido por um tubarão, já foi atingido por um raio e já foi mordido por uma cascavel (!). O ataque de tubarão ocorreu recentemente nas Bahamas, quando ele estava mergulhando e um tubarão mordeu um pedaço da sua perna esquerda – na região da "batata da perna".
Felizmente, ele foi atendido prontamente por pessoas do local, assim como também ocorreu em todas as outras situações. Pensando bem, talvez ele não seja tão azarado assim.

6 – Avalanches, acidentes de carros e trovões

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee
John Lyne é conhecido por alguns como "John Calamidade". Esse homem é considerado o britânico mais azarado dos últimos tempos, segundo os jornais do país. Quando era criança, ele caiu de uma árvore e quebrou o braço esquerdo – algo um tanto normal. Porém, ao ir para o hospital a ambulância sofreu um acidente e o mesmo braço foi quebrado em outro lugar.  
Ao todo, Lyne já passou por 16 grandes acidentes, que incluem ser atingido por raios, acidentes de trânsito e avalanches em minas de trabalho (ele é um operador industrial). Entretanto, nenhum desses acidentes foi suficientemente poderoso para matar John, que continua saudável e trabalha regularmente.

7 – Roubos, esfaqueamentos e mais trovões

Fonte da imagem: Reprodução/Oddee
John Wade Agan infelizmente ficou famoso devido aos constantes desastres que ocorrem na sua vida. Ele já foi atingido por um raio dentro de sua própria casa na Flórida, quando estava conversando no telefone. No passado, ele já foi assaltado inúmeras vezes (certa vez, o assaltando o trancou dentro do porta-malas do carro). Ele também já foi esfaqueado no peito durante uma briga e mordido por duas cobras perigosas. Hoje, Wade tem 47 anos e espera que seus próximos anos sejam mais tranquilos.
...
E você, o que achou dos casos exibidos? Talvez sua vida não seja assim tão azarada quanto você supõe. Se você conhece outros casos bizarros de pessoas que também sofrem os mais diferentes tipos de desastres, compartilhe com a gente.



.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

4 criaturas que parecem determinadas a dominar a Terra

.
Conheça algumas espécies de animais que estão formando exércitos no nosso planeta.
Por Maria Luciana Rincon Y Tamanini em 22/08/2013
4 criaturas que parecem determinadas a dominar a Terra
Fonte da imagem: Taringa!
Você já deve ter percebido que existem algumas criaturinhas que podem ser encontradas por todas as partes, infestando determinados lugares e invadindo as nossas casas. E você não está errado! Algumas espécies parecem realmente estar organizando verdadeiros exércitos para dominar o planeta — que, afinal, é o lar delas! —, e o pessoal do site Cracked.com publicou um curioso artigo sobre esses bichinhos. Conheça alguns deles a seguir:

1 – Águas-vivas

Fonte da imagem: pixabay
Já publicamos aqui no Mega Curioso uma notícia sobre o ataque de um exército de águas-vivas a uma usina nuclear na Califórnia, e parece que esse tipo de invasão não é tão incomum assim. No Japão, por exemplo, milhares de águas-vivas gigantes — algumas chegando a pesar quase 200 quilos! — da espécie nomura se aproximaram perigosamente da costa, afetando não só os banhistas, mas os pescadores locais, devorando peixes e ficando presas nas redes.
Segundo o Cracked, ainda não se sabe muito sobre esses monstros marinhos, nem porque eles se tornaram tão numerosos repentinamente. Contudo, de acordo com Shiniche Uye, especialista nesses animais, as águas-vivas nomura não podem ser controladas, e cada vez que se tenta matar uma delas, elas dão origem a milhares de outras “aguinhas-vivas”.

2 – Formigas

Fonte da imagem: pixabay
Dizem por aí que se pesarmos todas as formigas que existem no planeta o resultado seria equivalente ao peso de todos os humanos juntos. Independente de que isso seja verdade ou não, o fato é que esses bichinhos estão por todas as partes, e uma espécie em particular — a formiga-argentina — parece estar se espalhando pelo mundo de maneira assustadora, formando o que os cientistas chamam de “mega colônia global”.
Os pesquisadores estimam que a mega colônia seja composta por 22 milhões de formigueiros com 10 mil indivíduos cada um, espalhados através das Américas, Austrália, Ásia e Europa. Isso significa que existem mais de 200 bilhões de formigas-argentinas por todo o planeta, e é melhor torcermos para que esse gigantesco exército não decida atacar, já que de acordo com a BBC, ele poderia rivalizar com os humanos em termos de dominação mundial!

3 – Golfinhos


Eles são adorados por todos e reconhecidamente superinteligentes. Mas segundo alguns estudos, os golfinhos fazem parte de um pequeno grupo de espécies capaz de matar por puro prazer, e existem registros de “gangues” de machos que sequestraram fêmeas e as mantiveram prisioneiras durante vários meses. E nós nos derretendo pelas carinhas sorridentes desses malandros sádicos!
Contudo, uma novidade sobre os golfinhos é que agora eles começaram a formar supergrupos — ou exércitos, talvez? —, alguns com milhares de indivíduos, e em locais nos quais eles não haviam sido observados antes. Além disso, eles costumam se organizar em posições que lembram um enorme paredão, que às vezes chega a medir mais de um quilômetro de extensão. Você encararia uma gangue dessas?

4 – Besouros

Fonte da imagem: pixabay
Talvez você já não veja muitos desses insetos hoje em dia, principalmente nas cidades, mas existe uma espécie de besouros — a Dendroctonus ponderosae — nativa da América do Norte que está devorando florestas de pinheiros inteiras! Exércitos desses bichos já atacaram algumas regiões do Canadá, e agora parecem estar marchando em direção aos EUA.
Todas as tentativas de parar esses devoradores de pinheiros — ou até diminuir a escala de destruição — resultaram frustradas, e seu maior inimigo natural é o frio. O problema é que o aquecimento global está tornando os invernos mais cálidos, e isso significa que agora esses besouros podem sobreviver o ano todo, aumentando exponencialmente o consumo de alimentos.
Fazendeiros da província de Alberta inclusive descreveram o que eles chamam de “chuva de besouro”, quando é possível ouvir o ruído parecido ao de uma forte chuva, mas, na verdade, o que está caindo do céu são bilhões de besouros. Vai dizer que isso não parece mais uma praga bíblica!
***
As espécies que ilustram esta matéria não correspondem, necessariamente, às descritas no texto.