Quem sou eu

Minha foto
Sou Capitão da Polícia Militar, Pedagogo, Especialista em Segurança Pública, Já ocupei as funções de Diretor do Colégio da Polícia Militar-PB (nov2009-jun2017), Coordenador-Geral do PRONATEC na Paraíba (mai2016-mai2017) e Coordenador de Polo do PBVest (2015-jun2017). Atualmente componho o Estado-Maior Estratégico da Polícia Militar da Paraíba, na função de Coordenador do EM/4-Políticas de Prevenção. Acredito que o nosso Brasil pode melhorar muito mais, na medida em que todos possam colaborar com as suas capacidades. TWITTER : @ElmerMelz ; FACEBOOK: Elmer Melz

sábado, 31 de agosto de 2013

Veja cenas perturbadoras do homem que atravessava uma espada pela barriga

.
Estamos falando de um cidadão chamado Mirin Dajo. Conheça aqui um pouco da história desse homem.
Por Daiana Geremias em 11/07/2013




Você já ouviu falar do termo faquirismo? Ele é usado para definir quem vive em condições de faquir. Ajudou? Então vamos tentar simplificar as coisas: faquir é uma definição antiga, usada para falar a respeito de quem tinha poderes sobrenaturais de resistência, como andar sobre carvão, engolir espadas e proezas afins.
Lógico que muitas atitudes antes consideradas de faquirismo foram desvendadas pela Ciência e alguns truques usados por várias pessoas acabaram caindo por água abaixo. Ainda assim, alguns desses caras simplesmente desafiam as leis da lógica, da Medicina e do perigo. Nesse caso, um cidadão chamado Mirin Dajo pode fazer com que você bata a cabeça contra a parede repetidas vezes.
O vídeo que você vai ver a seguir é bem antigo e mostra do que Dajo era capaz. Ele simplesmente conseguia atravessar uma faca pelo seu abdome como se essa fosse a coisa mais normal do mundo. As imagens são bem antigas e, infelizmente, não há legendas disponíveis. Ainda assim, você precisa assistir ao vídeo a seguir.
Nele, Dajo faz uma demonstração de seu truque perturbador na presença de alguns médicos, que ficaram intrigados com as proezas daquele senhor. Nascido na Holanda, Dajo disse ter aprendido esses truques em uma viagem pela Índia. Ele se dizia capaz de controlar a dor e os reflexos do próprio corpo.
Segundo os médicos que avaliaram o caso àquela época, essa bizarrice é de fato possível, embora seja bastante arriscada, pois é preciso saber o local exato para que nenhum órgão seja perfurado. Ainda assim, são extremamente raros os casos em que pessoas conseguem controlar a dor dessa maneira – idem para possíveis sangramentos. Assista às imagens abaixo e depois nos conte o que achou dessas cenas indigestas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário